Radiação de celulares pode levar a danos cerebrais

Radiação de celulares pode levar a danos cerebrais

 

 Tradução de:

http://www.dailymail.co.uk/health/article-124179/Radiation-mobiles-lead-brain-damage.html

 

 

pela TIM Utton, Daily Mail

 

Um estudo de dois anos mostrou que a radiação de telefones celulares pode causar danos no tecido cerebral. Os cientistas descobriram que as emissões dos celulares afetam a delicada composição de células nos vasos sanguíneos, e pode ser um perigo para a saúde de 50 milhões de usuários regulares de telefones celulares do Reino Unido. Eles acreditam que a radiação pode desativar uma barreira de segurança no organismo, que protege o cérebro de substâncias nocivas no sangue. É a primeira vez que os cientistas usaram células dos vasos sanguíneos humanos em vez de ratos, levando os pesquisadores mais perto da verdade sobre o uso do telefone móvel de longo prazo.

Apesar dos milhões gastos em pesquisa na última década, as implicações para a saúde de uso sustentado ainda não estão claros. O maior estudo britânico, liderado pelo Sr William Stewart, há dois anos não descobriu  nenhuma evidência de um risco para a saúde. Um estudo publicado no ano passado pelo Instituto Nacional do Câncer americano também não conseguiu encontrar uma ligação entre o aumento do risco de câncer cerebral e uso móvel. Mas o mais recente estudo da Autoridade de Segurança Nuclear e Radiação da Finlândia – a casa do gigante de telefonia móvel Nokia – descobriu que uma hora de radiação móvel provocou alterações potencialmente prejudiciais em células humanas. A radiação faz as células nas paredes dos vasos sanguíneos encolherem – permitindo que substâncias potencialmente prejudiciais no sangue  “vazem” para o cérebro. O estudo indica que a exposição repetida, poderia tornar a barreira sangue-cérebro mais permeáveis, conduzindo a um aumento de danos no cérebro. Ele concluiu: “Repetidas ocorrências destes eventos em uma base diária, durante um longo período de tempo, pode se tornar um perigo para a saúde devido à possibilidade de acumulação de danos no tecido cerebral. Professor Dariusz Leszczynski, que liderou o estudo, disse: “Não é o uso massivo de celulares na sociedade agora, nossos cérebros estão sendo bombardeado com radiação o tempo todo.

“Nós realmente não sabemos qual o impacto que teremos sobre as pessoas que usam um telefone celular regularmente por dez ou vinte anos. Por isso, mais estudos são necessários urgentemente.

Radiação do telefone celular pode também contribuir para o crescimento de tumores causados ​​por outros fatores, disse ele.

Ele deve apresentar as conclusões em uma conferência na cidade  de Quebec na segunda-feira. Elas foram publicadas na revista científica alemã Differentiation.

Em janeiro, um novo programa de pesquisa no Reino Unido £ 7.4million foi anunciado, apoiado pelo Governo e setor de telefonia móvel, a ser gerido por um comitê internacional de especialistas liderada pelo Sr William.

O programa inclui 15 estudos que buscam conclusões claras sobre os perigos para a saúde de telefones celulares, em medos particulares de uma associação, entre radiação e câncer no cérebro.

Sir William criticou empresas de móveis no início deste ano para a venda de telefones para as crianças, porque seus crânios são mais finos um risco maior dos efeitos da radiação.

O crânio de uma criança de cinco anos de idade, por exemplo, é tão fino quanto um milímetro no ouvido, enquanto o crânio de um jovem de 21 anos é de cerca de dois milímetros.

Temores sobre a segurança de telefones celulares estão prestes a ser testada em tribunal em os EUA, onde ações judiciais movidas contra Vodafone alegaram lesões pessoais, incluindo câncer no cérebro.

Vodafone revelou no seu relatório anual ontem que é nomeado em quatro ações judiciais -, mas iria “defender vigorosamente” as reivindicações. Enquanto isso, a Associação dos Consumidores disse que ainda  não há provas suficientes para dizer se os celulares são seguros. Um porta-voz disse: “No momento, é muito cedo para chegar a um veredicto definitivo sobre os riscos à saúde a partir de telefones móveis, mas também não tem investigação deixando tudo claro.”

Read more: http://www.dailymail.co.uk/health/article-124179/Radiation-mobiles-lead-brain-damage.html#ixzz2iSqVEBMv

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: